sábado, 3 de dezembro de 2011

Você estaria entre eles?

Quando Maria estava grávida de Jesus, ela não fez ecografia para saber se o bebê estava se desenvolvendo bem, nem fez os mais corriqueiros exames de laboratório... Jesus não nasceu nem mesmo em um hospital! Você vai me dizer: “mas tudo isso são técnicas atuais, naquele tempo não se fazia esse tipo de coisa”... Você tem razão!

Quando Jesus nasceu, Ele não tinha nem uma roupinha de nenê, foi envolto em panos; nem quarto, por mais simples que fosse... seus pais estavam viajando e aconteceu completarem-se os dias de gravidez de Maria e não encontraram lugar nas hospedarias da região. Engraçado... Deus Pai, o Criador e mantenedor do Universo, envia Seu Filho à terra totalmente desprotegido... Justo na época de seu nascimento, foi decretado o censo e o casal teve de se pôr a caminho. Em um trem expresso? Em um ônibus leito? Em um avião? Em um humilde carrinho? Não, caminhando misturado aos demais, peregrinos rumo à Judéia para se recensearem. Já sei, você está aí pensando: “ora, naquele tempo não havia esses meios de transporte”... e você tem razão!
Se acaso Jesus nascesse agora, tudo seria diferente? Nasceria no lar de pais humildes, certamente seria sem ecografia e sem maternidade. Em algum posto de saúde sua mãe faria os exames básicos e, numa comunidade pacificada, no quarto simples de uma humilde casa, uma parteira ajudaria o Menino Deus a nascer, mostrando orgulhosa ao pai o bebê, diria: "Parabéns! É um lindo menino, e como chora!"
Mais de dois mil anos se passaram desde o nascimento de Jesus. Surgiu a tecnologia e muitas coisas mudaram. Mas um detalhe importantíssimo não mudou: a humanidade continua não tendo amor ao próximo e continua com pouca fé. O espaço nos lares e nos corações está lotado com interesses materiais e passageiros, não há lugar para Jesus, ou se tem, é muito pequeno. A mudança deu-se na progressão material, na ciência e na tecnologia. Mas na condição espiritual, infelizmente a humanidade não progrediu!

Durante sua vida terrena, Jesus teve apenas doze discípulos fiéis, que O seguiam e ouviam Seus ensinamentos. Uma multidão enorme O cercava onde Ele chegava, mas apenas doze estavam sempre com Ele. Hoje, será que Ele conseguiria reunir doze fiéis discípulos dispostos a professar sua fé e lealdade, prontos a seguí-lO sem medir esforços? E nós, estaríamos entre eles?
- desconheço o autor -

3 comentários:

Gracinda disse...

Muito obrigada por sua amável visita! Tetê, eu estaria disposta a seguir Jesus, não sei se Ele me aceitaria com minhas imperfeições... Acabo de atualizar e estou te esperando! Bom final de semana! Paz, Luz e Harmonia!

Imac by Artes disse...

Tetê querida!
Linda e reflexiva mensagem.
Obrigada por partilhar conosco.
Abraços! Boa noite e uma semana abençoada pra ti.

Cinthia disse...

Oi querida!

Obrigada pela visitinha linda em meu bloguinho.
Desejo um excelente domingo p/ vc e p/ a sua família.
Mil beijinhos amiga!

Cinthia
http://cinthiaduim.blogspot.com