quarta-feira, 8 de agosto de 2012

A vida é mortal... por isso, preciosa!

Desenhei o modo como meu pai olhava um pássaro deitado de lado, à beira da calçada perto de nossa casa...
Morreu, papai?” Eu tinha 6 anos e não conseguia enxergá-lo sozinho.
Sim”, escutei-o responder em modo triste e distante.
Por que morreu?”
Tudo o que vive deve morrer...”
Tudo?”
Sim”.
Você também, papai? E a mamãe?”
Sim”.
E eu?”
Sim, disse. E acrescentou: Mas que isso possa acontecer só depois de uma vida longa e bonita, meu Asher”.
Não consegui entender... esforcei-me para ver o pássaro. Tudo o que está vivo um dia ficaria imóvel como aquele pássaro... Por que, papai, o que está vivo tem que morrer?”
Porque foi assim que o Criador fez o mundo, Asher. Desta forma a vida é preciosa... algo que é teu para sempre nunca é visto como algo precioso. A vida, meu amado Asher, é preciosa porque é mortal!”
- conto do livro “Meu nome é Asher” de Chaim Potok -

9 comentários:

✿ chica disse...

LIndo, emocionante e reflexivo.Bela escolha!! beijos,tudo de bom,chica

Brisa da Manhã disse...

Olá! Você sempre com maravilhosos posts! É muito bom vir aqui! Obrigada por sua visita! Beijos suaves da Brisa da Manhã

Pollyanna Monteiro disse...

Que alegria receber comentários e, com eles, o carinho dos amigos! Muito obrigada por sua visita! Graça e Paz! Beijos no seu coração. Polly

Anpara disse...

Olá Tetê! Passando para agradecer a visita ao Filosofando! Muito bom o post!Saúde e Paz. O resto a gente corre atrás! Bjs Ana Paula

Bruxa disse...

Que lindo!
Cada vez que um peludinho meu parte, penso nisso, como somos frágeis e tudo tão passageiro. A infânica, parece tão distante ao mesmo tempo que as memórias estão nítidas... A única certeza é a morte, todos chegaremos ao final do caminho, mas qdo e como, só o Criador sabe.

Amiga, sobre o vício da internet, realmente é algo seríssimo. Venho comentando sobre isso com as pessoas, pois os jovens estão esquecendo de viver. Qdo "interagem" com outros, estão com os celulares e digitando no face. Trabalho o dia todo no computador e por esse motivo, até agora não fiz face. O blog e o fotolog ainda dá pra escapar, mas não quero esse vício.
Adorei a matéria.

Abração e ótimo restinho de semana.

Suzuki disse...

Olá! Feliz de ver seu comentário lá no blog! Gosto de tê-la entre meus amigos! Atualizei... Dá um pulinho lá! Beijos Suzuki

Peregrina da Paz disse...

Oi! Muito bom o seu post! Fiquei feliz com a sua visita! Já atualizei! Beijos e Deus te abençoe! Leila

nadja disse...

Que linda histórinha..é verdade a vida é mortal..vim te dar um beijinho e desejar um feliz fds..o meu tá a mil kkkk segunda embarcamos amiguinha..affy...e tenho horror de aviãokkkkké a minha primeira vêz ...estou a base de calmam kkkkkkbeijokinhas reze por nós !!!

Priscila Rodrigues disse...

E a devemos viver como se fosse única, pois, vai que é unica mesmo.. rs.

Bjo Tetê.