segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Por que julgar?

Todos temos um ego individual que está sempre pensando e julgando, como também um eu natural. A harmonia entre esses dois aspectos da nossa personalidade só é possível quando a mente está tranquila. Nosso melhor desempenho acontece quando fazemos, naturalmente, o que sabemos.
Para que ficar fazendo julgamento sobre si mesmo e o outro?
Desista disso...

Ser uma pessoa que não faz julgamento não significa ignorar erros e falhas. Ser uma pessoa que não faz julgamento significa observar as coisas como elas são, sem rotulá-las de boas ou más. Aceitar que os erros fazem parte da aprendizagem e sempre pode ser feita uma correção.
Pare de julgar e insistir em ganhar ou perder e simplesmente faça o melhor que pode seginhdo sua experiência.
- Dick Sutphen -

Um comentário:

Patricia Barros disse...

Olá minha querida!!!
Hummm...teu post fez-me pensar...estou sempre a julgar sabe?Estou a fiscalizar-me, se estou a fazer certo ou não, realmente deveria relaxar mais e aceitar que posso estar errada...boa reflexão!!!
Como estás minha querida?Eu cá estou na minha vida de dona de casa.Estou curtindo muito minha filhota que está muito engraçada, estou a curtir o que não consegui do Diogo.Hoje ela foi colocar os brinquinhos, está tão fofa!!Depois mando fotinha.
Beijinhos com carinho e votos de uma óptima semaninha...

A amizade é assim:
É sentir o carinho,
É ouvir o chamado.
É saber o momento
de ficar calado.
Amizade é somar
alegrias, dividir tristeza.
É respeitar o espaço,
silenciar o segredo.
È a certeza
da mão estentida.
A cumplicidade que
não se explica,
Apenas vive!