segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Essas pesquisas...

Uma rádio de notícias comentou: uma pesquisa tenta descobrir como são avaliadas as reações emocionais de homens e mulheres no ambiente de trabalho. Descobriram que a irritação é vista de forma diferente em ambos os sexos.
Manifestações de irritações dos homens são vistas como sinal de comprometimento com o trabalho, preocupação e liderança. As mesmas manifestações de irritação das mulheres são vistas como ataque de piti mesmo! A pesquisa concluiu que, mulheres misturam o profissional e o emocional e levam problemas pessoais para o trabalho.

Num ponto a tal pesquisa tem razão: nós misturamos tudo mesmo. Que jeito nós temos, já que é essa a nossa realidade? Sim... Nós somos as que misturamos tudo, mas quando a empregada não aparece para trabalhar, de quem é o problema? Quando a babá resolveu prolongar o final de semana, quem tem que se virar com o bebê abandonado? Quando a criança quebra a cabeça ou arde em febre na escola, para o trabalho de quem a professora liga? Quem a diretora da escola acha que está disponível para a reunião de pais na quarta-feira às três da tarde?
Se você respondeu ‘a mulher’, ‘para a mulher’ ou ‘da mulher’ para todas as perguntas, parabéns! Você está mais esperto do que os pesquisadores.
É a gente que leva problema pessoal para o trabalho ou é o raio do problema que cisma de nos seguir?

Cabe a nós continuarmos a nos esforçar, a bancar a supermulher para acabar com essa imagem.
Os pesquisadores que me perdoem, mas irritadinhas ficavam as avós deles!
Raios... Afinal, quem precisa de pesquisa?
- Cláudia Cecília -

Até amanhã!

9 comentários:

Su disse...

É, isso é verdade!!
Nós misturamos tudo mesmo, mas ser mulher é a cima de tudo ter uma bagagem muito maior de responsabilidade... hehehehe... Eu amo ser mulher!!! rs

Beijão, Tetê!!!
Boa semana!! =)

Aliny disse...

q texto legal..showwwww.. :P miguinha eu toh kdim melhor.. nao toh conseguindo eh me alimentar direito ..sem apetite..mas hoje comi maças..tomei neston..bom como e bebo akilo q meu estomago aceita..soh nao consigui ainda comer comida...ecaaa..

Catequista Sheila disse...

Amei o texto, vou repassar às colegas do trabalho...
mas é tão difícil não misturar os problemas pessoais com os do trabalho, né? ainda mais na TPM... rs
um beijinho e fique com Deus.

Mary disse...

Oi,Amiga Tetê! Tudo bem?
Realmente,ataque de "piti" e irridadinhas ficavam as avós deles!!!Rss!
Vim ver as 9dades, e desejar uma linda semana.
"Um Pierrot apaixonado que vivia só cantando,
por causa de uma Colombina,acabou chorando...!"
Desde já, um Ótimo Carnaval!
Beijos,
MARY.

Ana Maria disse...

É verdade, nós misturamos tudo mesmo, mas tudo tem que a mulher estar presente, ela carrega a família nos ombros, e os problemas também.
Beijinhos de boa noite!

Denise Ceciliano disse...

É, na verdade não precisa muito de pesquisa pra saber que confundimos pra caramba, mas acredito que a cada dia que passa a mulher aprende a lidar mais com esse conflito de funções, e ganha mais espaço no campo profissional.
Beijos Tetê!

New Life ^^ disse...

BOM DIA QUERIDA AMIGA TETÊ!!!

COMO VOCÊ ESTÁ FLOR? TUDO BEM?
RSRSRS.... PIOR QUE É BEM ASSIM MESMO FLOR!
A GENTE QUE ABSORVE TUDO, NÉ? AFF... EU SOU EXATAMENTE ASSIM =D
KKKKKKK.... BENGALA? RSRS.... AINDA NÃO!
PENSEI QUE VOCÊ IA ME DAR UMA DE PRESENTE, RSRS....
REALMENTE ENTREI NO CANIL E SAÍ PIOR!
MAS ME FALARAM QUE CASTRANDO O MACHO, ELE NÃO LEVANTA MAIS A PATA PARA FAZER XIXI. FAZ IGUAL A CADELA! SERÁ?
HUMMMM... DEPOIS VOU DAR UMA INVESTIGADA NOS MEUS E-MAILS PARA VER, OBAAAAAA...,RSRS....

BOM... QUERO APROVEITAR E LHE ENTREGAR UM
MIMO FEITO COM MUITO CARINHO ESPECIALMENTE NESTE
DIA DE HOJE!

http://i263.photobucket.com/albums/ii122/tati-berto/lembrancinhaniver.gif

MUITO OBRIGADA PELO CARINHO SEMPRE MARCANTE
DEIXADO NO MEU CANTINHO!
BEIJINHOS NO SEU LINDO CORAÇÃO E TENHA UMA
ÓTIMA SEMANA!
COM CARINHO, SUA SEMPRE AMIGA... TATY

Cristiane disse...

Tê querida,

Sabe que eu não gosto muito dessas pesquisas?
Acho que elas generalizam muito,até concordo com essa e tantas outras que lipor aí,mas acho que teriam que ser menos específicas.

Saudades,e obrigada pelas visitas,te espero dia 25 lá no Fragmentos tá?

Beijinho, Cris

Regina disse...

Esses pesquisadores, com certeza são homens!!

Por isso, nunca vão entender na prática, como é a vida de uma super mulher, pois hoje em dia, somos sim, mulheres maravilhas, nos desdobrando em mil e, mesmo assim, não tendo o direito de perdermos a paciência...

Boa semana Tetê!!